Agora, este é o portal oficial da Prefeitura. Se não encontrar o que precisa, acesse o site antigo.

Pela segunda vez consecutiva, Campo Verde conquista o Selo Unicef

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook

Por ter cumprido todas 17 metas estabelecidas, voltadas à promoção, à garantia e a realização dos direitos da crianças e do adolescente, Campo Verde conquistou pela segunda vez o Selo Unicef. A primeira foi em 2016 (foto).

O Selo Unicef, concedido a cada quatro anos, é uma iniciativa do Fundo de Emergência Internacional das Nações Unidas para a Infância e certifica que os municípios cumpriram todas ou a maioria das metas estabelecidas dentro dos objetivos principais.

Os objetivos do Selo são: alcançar crianças e adolescentes excluídos das políticas públicas, melhorar a qualidade das políticas públicas já existentes para crianças e adolescentes, prevenir e enfrentar as formas extremas de violência contra crianças e adolescentes e promover a participação da comunidade, especialmente de adolescentes.

Já as metas abrangem três eixos: Direito à Educação e a Participação, Direito a Saúde e Nutrição, e Direito a Proteção. Dentro dessas linhas de atuação é que os municípios desenvolvem suas políticas públicas.

Na Educação e Participação, a meta é reduzir o percentual de alunos com dois ou mais anos de atraso escolar. Na Saúde, o principal objetivo é aumentar o número de gestantes com acesso ao pré-natal, enquanto que no Direito a Proteção.

Conforme destacou a secretária municipal de Planejamento, Simoni Borges, responsável pelo Selo Unicef no Município, as iniciativas implementadas em Campo Verde garantiram o protagonismo dos adolescentes e dos jovens locais.

Entre elas, a secretária destacou a parceria com o Instituto Germinando Sons, que garantiu a manutenção da escola de música, que atende mais de 400 alunos.

Contribuíram também a oferta de atividades esportivas através das escolinhas municipais coordenadas pela Secretaria Municipal de Lazer, que contam atualmente com cerca de 1,3 mil crianças e adolescentes; a ampliação do número de vagas na Rede Municipal de Ensino e um maior acesso à saúde, principalmente na de atenção básica e ao pré-natal, foram fundamentais para Campo Verde pudesse ser premiado.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook