Agora, este é o portal oficial da Prefeitura. Se não encontrar o que precisa, acesse o site antigo.

Prefeito Fábio e secretário Borgato assinam ordem de serviço para retomada das obras da ETE em Campo Verde

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook

Com a presença do senador Carlos Fávaro, o prefeito Fábio Schroeter e o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECITECI) de Mato Grosso, Nilton Borgato, assinaram na manhã de hoje (11) a ordem para que a construção da Escola Técnica Estadual (ETE) de Campo Verde seja retomada.

A cerimônia, realizada no canteiro de obras da ETE, contou também com a presença de prefeito eleito, Alexandre Lopes, da vice-prefeita eleita, Edna Queiros da Silva e do vereador Silvio Eventos, que representou o presidente da Câmara, Pedro Cambará. Estiveram presentes  secretários municipais, autoridades e lideranças locais, além de vereadores eleitos para a próxima legislatura.

O secretário Nilton Borgato informou que serão investidos mais R$ 9 milhões na obra, que teve início em 2010 e foi paralisada em 2012. Em 2016 os trabalhos foram retomados e interrompidos cerca de seis meses depois pelo Governo Estadual. “Espero ser o último secretário a passar aqui para retomar essa obra. Esperamos que o próximo que venha aqui, venha para inaugurá-la”, disse ele.

Borgato enfatizou que o trabalho do governador Mauro Mendes tem proporcionado que obras como a ETE de Campo Verde possam ter continuidade. “Com o planejamento do Estado, está assegurado o recurso para que a gente possa realmente finalizar e entregar esse grande presente, essa grande obra para a sociedade de Campo Verde”, destacou. A expectativa é que dentro de dois anos a escola esteja concluída.

Prefeito eleito, Alexandre Lopes de Oliveira enfatizou que a ETE é fundamental para a qualificação da mão de obra em Campo Verde, que tem grande potencial produtivo e necessita de profissionais com conhecimento técnico.

“Nós sabemos que que Campo Verde consome serviços que demandam de aprendizado, de conhecimento, de tecnologia. E essa obra vem exatamente encaixar com essa demanda. Nós temos um campo tecnológico difundido em Campo Verde tanto na parte agrícola, na qual nós temos vocação de produção, e nas outras frente também da nossa industrialização”, disse ele.

O prefeito Fábio Schroeter, ao discursar, reforçou que a Escola Técnica é uma obra muito importante para o Município e que irá proporcionar uma melhor capacitação para os jovens. “O perfil do emprego tem mudado muito com essa tecnológica toda. Então, muitas vezes a pessoa precisa desenvolver novas habilidades para poder acompanhar”, observou. “Eu tenho certeza que essa escola vai contribuir muito com o desenvolvimento do nosso município”, completou.

O senador Carlos Fávaro destacou que a Escola Técnica será um instrumento de grande valia para atender as demandas por profissionais no futuro.

De acordo com o senador, com a pavimentação da MT-140 até Santa Rita Trivelato e Nova Ubiratã e com a construção da Ferronorte, ligando Rondonópolis a Lucas do Rio Verde passando por Campo Verde, a cidade será um grande entroncamento rodoferroviário e atrairá novos empreendimentos que necessitarão de mão de obra qualificada e transformarão o município em um polo de desenvolvimento regional.

“Mas para isso, precisamos ter a nossa população qualificada, treinada para poder absorver os postos de serviços que serão criados. Investir na qualificação profissional, quer seja do IFMT, quer seja nesta obra da SECITECI, é preparar Campo Verde para um futuro próximo que está chegando.

O senador destacou ainda o trabalho do prefeito Fábio Schroeter como gestor municipal. “Fiz questão de estar aqui e cumprimentar o prefeito Fábio, que fez uma belíssima gestão. Este é o melhor momento do gestor público: quando ele, depois de oito anos, no caso dele dois mandatos, trabalhou muito, fez enfrentamentos e está entregando Campo Verde muito melhor do que recebeu”, finalizou.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook